Confira algumas dicas saudáveis e baratas para manter a saúde do coração

Confira algumas dicas saudáveis e baratas para manter a saúde do coração

Segundo um estudo da Universidade de São Paulo (USP), no ano de 2015, as doenças cardiovasculares tiveram um custo total de R$ 56,2 bilhões na economia brasileira. Os pesquisadores levaram em conta a renda perdida e a perda de produtividade de cada indivíduo, os custos de assistência médica e a renda perdida por negócio, entre outros fatores que foram causados por hipertensão, insuficiência cardíaca, infarto e arritmia cardíaca.

Mas, com algumas mudanças de hábito simples e econômicas, é possível reduzir os prejuízos financeiros e de bem-estar ligados às doenças do coração.

Durma bem

Pessoas que dormem menos de seis horas por noite apresentam risco 27% maior de acumular gordura e outras substâncias nocivas nas artérias. Para quem também acorda frequentemente durante a noite, esse risco é 34% maior. Esses são os resultados de uma pesquisa publicada no Journal of American College of Cardiology (JACC) que mostra que dormir a quantidade adequada e de forma regular é muito importante na prevenção de doenças do coração.

Pratique atividade física

A atividade física regular também é uma das grandes aliadas na prevenção de doenças cardiovasculares. E, se você é sedentário, não é necessário começar logo com uma mudança radical: introduzir alguns momentos fixos para exercícios na sua rotina diária já contribui positivamente para a saúde do coração.

O estudo japonês Osaka Health Survey mostrou que homens que caminharam mais de 20 minutos ao se deslocar para o trabalho reduziram em 29% o risco de hipertensão arterial comparados aos homens que gastavam 10 minutos ou menos. O importante é começar!

Não fume

O tabagismo é um dos grandes causadores das doenças cardiovasculares. A nicotina causa aumento do colesterol, acúmulo de gordura nas artérias e queda no consumo de oxigênio, podendo reduzir o fluxo sanguíneo que chega ao coração. E apenas diminuir a quantidade não é o suficiente: pessoas que fumam um cigarro diariamente têm uma chance 50% maior de desenvolver uma doença cardíaca do que os não-fumantes, segundo o periódico inglês BMJ.

Adote uma dieta equilibrada

Consumir alimentos saudáveis pode ser um fator decisivo na prevenção de várias doenças e isso não muda quando estamos falando dos males do coração. E, para comer bem, não é preciso gastar muito. Um estudo publicado no jornal Annals of Internal Medicine mostrou que, após oito semanas de uma dieta saudável, com alta ingestão de frutas e legumes, já é possível notar uma melhora nos níveis dos biomarcadores usados para avaliar doenças cardíacas.

A dieta ideal é rica em frutas, vegetais, grãos integrais e oleaginosas. Também é preciso evitar o alto consumo de sal e açúcares, além de gordura saturada e trans.

Evite o consumo excessivo de álcool

Outra dica barata para manter a saúde do coração é controlar a ingestão de álcool. Não é preciso cortar totalmente o consumo: o recomendado pela Associação Americana do Coração é a média de uma a duas doses de bebida diárias para homens e uma dose de bebida por dia para mulheres.

Engrenagem Virtual © 2020 | Todos os direitos reservados