Por que a gordura saturada é tão perigosa?

Por que a gordura saturada é tão perigosa?

Há alguns anos, fala-se sobre o consumo de gordura saturada e sobre os motivos dessa substância ser prejudicial à saúde. As embalagens dos alimentos no supermercado já contam com um anúncio bem grande: 0% de gordura saturada. Contudo, alguns têm esse tipo de gordura em sua composição, como carnes, óleo de coco, azeite de dendê, biscoitos e laticínios.

A preocupação de nutricionistas e médicos de todo o mundo é que a ingestão em excesso de gordura saturada aumenta o nível de colesterol no sangue, principalmente o LDL, popularmente conhecido como o colesterol ruim. A consequência disso é o entupimento das artérias, o que aumenta a chance de ataques cardíacos e derrames cerebrais.

Outra linha de pensamento científico diz que a gordura saturada pode não ser a responsável direta por problemas cardíacos, mas, em contrapartida, pode causar inflamação crônica no organismo.

Diante deste contexto, é provável que você consuma uma quantidade de gordura saturada maior do que a recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A OMS orienta que a ingestão deve ser menor que 10% da ingestão total de calorias. Para pessoas que possuem algum fator de risco, deve ser no máximo 7%.

Algumas dietas da moda como low carb, cetogênica e paleolítica, que restringem o consumo de carboidratos, podem aumentar esse consumo de gorduras saturadas, porque, em contrapartida, ingere-se gordura em excesso.

Quanto consumir

Em uma dieta de 2 mil calorias, a quantidade de gordura saturada ingerida pode ser de, no máximo, 22 gramas. Esse limite é facilmente superado dependendo do alimento escolhido.

Em geral, especialistas recomendam limitar o consumo, dentro do estabelecido pela OMS, mas não é necessário cortar permanentemente. Afinal, a gordura saturada também tem suas funções, se ingerida da maneira correta.

A gordura saturada também aumenta o chamado colesterol bom, o HDL, responsável por limpar os vasos sanguíneos. Além disso, esse composto produz alguns hormônios e ainda transporta vitaminas como A, D, E e K.

Engrenagem Virtual © 2020 | Todos os direitos reservados