Como será a antecipação do 13º salário de aposentados e pensionistas

Como será a antecipação do 13º salário de aposentados e pensionistas

Este ano, a primeira parcela do 13º salário de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi paga entre abril e junho, a fim de minimizar os efeitos da pandemia do novo coronavírus na economia. A medida foi emergencial, mas, a partir de 2021, a antecipação do benefício será regra. Entenda como será o pagamento:

Primeira parcela

Depósito ocorrerá entre os cinco últimos dias úteis de agosto e os cinco primeiros dias úteis de setembro. O valor corresponderá a 50% do benefício.

Segunda parcela

Depósito ocorrerá entre os cinco últimos dias úteis de novembro e os cinco primeiros dias úteis de dezembro. O valor corresponderá à diferença entre o valor total do abono anual e o valor da primeira parcela.

Nos dois depósitos, a data de recebimento varia de acordo com o número final do cartão do benefício. O governo federal deve divulgar o calendário de pagamentos de 2021 até o final deste ano.

Outras mudanças

  • As agências do instituto estão fechadas ate 13 de julho, a fim de evitar aglomerações e, assim, reduzir a propagação do vírus.
  • A prova de vida foi suspensa por 120 dias. É um procedimento obrigatório em que todos os beneficiários que recebem o dinheiro por conta corrente, conta poupança ou cartão magnético precisam ir pessoalmente até as agências para comprovar que estão vivos. 
  • Já os trabalhadores que estão na fila para receber o auxílio-doença podem solicitar um adiantamento de um salário mínimo (R$ 1.045) durante 3 meses. Para receber, é necessário enviar o laudo comprobatório pela internet.

Quem tiver dúvidas sobre as alterações no pagamento de benefícios pode consultar o site Meu INSS ou o aplicativo do instituto, disponível para dispositivos móveis que utilizam os sistemas operacionais Android e iOS. Além disso, o telefone 135 também está disponível para atender a população.

Entenda a medida

Decreto 10.410/2020 é responsável pela antecipação permanente do pagamento do 13º salário de segurados do INSS. Antes, os beneficiários recebiam também recebiam os valores duas parcelas, mas os pagamentos ocorriam em novembro e dezembro. Para mudar as datas era necessário um decreto presidencial.

São contemplados com a antecipação do 13º salário aqueles que recebem: auxílio por incapacidade temporária (auxílio-doença), auxílio-acidente, aposentadoria, salário-maternidade, pensão por morte ou auxílio-reclusão.

Engrenagem Virtual © 2020 | Todos os direitos reservados