Saiba quais são os livros mais emprestados na biblioteca de NY

Saiba quais são os livros mais emprestados na biblioteca de NY

Quem visita Nova York deve tirar um tempinho para visitar a biblioteca da cidade, a segunda maior dos EUA e terceira maior do mundo. Além da arquitetura espetacular, o espaço reúne aproximadamente 53 milhões de livros, documentos e periódicos em seu acervo. O número de associados chegou a 3,5 milhões de moradores.

Este ano, é aniversário de 125 anos da Biblioteca de Nova York e ela divulgou os 10 livros que mais foram emprestados desde a sua inauguração até 1º de janeiro de 2020. Confira quais são e adicione na sua lista de leitura.

  1. “The snowy day”, de Ezra Jack Keats (1962) 

O livro infantil dos anos 60 é o campeão de empréstimos. Conta a história de um garoto afro-americano que explora a sua cidade durante um dia de neve. A obra teve 485.583 empréstimos.

  • “O gato de chapéu”, de Dr. Seuss (1957) 

O segundo lugar também pertence à literatura infantil. A história de um gato de chapéu listrado que visita duas crianças mostrando truques para entretê-los. O livro deu tão certo que já virou filme, videogame, peça de teatro e animação para TV. Foram 469.650 empréstimos.

  • “1984”, de George Orwell (1948) – 441.770 empréstimos

Um clássico moderno, o livro conta a história de uma sociedade completamente dominada pelo Estado e propõe uma reflexão sobre o autoritarismo. O interesse pelo livro, publicado pela primeira vez na década de 40, tem crescido nos últimos anos no Brasil e no mundo. O número de empréstimos foi 441.770.

  • “Onde vivem os monstros”, de Maurice Sendak (1963) 

Um garoto é colocado de castigo pela mãe e passa a fantasiar um mundo completamente mágico. Em 2009 o livro virou filme. Um total de 436.016 empréstimos.

  • “O Sol é para todos”, de Harper Lee (1960) 

Também da década de 60, “O Sol é para todos” é vencedor do prêmio Pulitzer e anos depois virou um filme ganhador também do Oscar. Conta a história de um advogado contratado para defender um homem negro de uma acusação falsa de estupro. O sucesso foi emprestado 422.912 vezes.

  • “A teia de Charlotte”, de E.B. White (1952) 

A amizade improvável entre uma menina e um porco foi um sucesso instantâneo. Em 2006, o livro virou o filme clássico “A menina e o porquinho”, nome dele no Brasil. A obra alcançou 337.948 empréstimos. 

  • “Fahrenheit 451”, de Ray Bradbury (1953) 

No ranking tem lugar também para uma boa ficção científica, a obra retrata uma sociedade na qual livros são proibidos e queimados. Também rompeu as fronteiras e já virou peças de teatro, peças de rádio, séries de TV e filmes. Foram 316.404 empréstimos.

  • “Como fazer amigos e influenciar pessoas”, de Dale Carnegie (1936) 

No ramo da autoajuda, o livro traz reflexões sobre relações interpessoais dentro e fora do trabalho por meio de estratégias comunicativas. O número de empréstimos foi de 284.524.

  • “Harry Potter e a pedra filosofal”, de J.K. Rowling (1997) 

A série de J.K. Rowling conquistou o coração de crianças, jovens e adultos de todo o mundo. A primeira parte das aventuras do jovem bruxo está entre os mais emprestados, 231.022 vezes.

  1. “Uma lagarta muito comilona”, de Eric Carle (1969) 

Para finalizar a lista, mais um clássico da literatura infantil. A história de uma lagarta comilona que come tudo que vê pela frente. Um total de 189.550 empréstimos.

Quais desses clássicos você já leu? E quais ficou curioso para conhecer? Conte para a gente nos comentários. 

Engrenagem Virtual © 2020 | Todos os direitos reservados