Planeje a folia e não descuide das finanças no carnaval

Planeje a folia e não descuide das finanças no carnaval

Um dos feriados mais aguardado do ano está apontando no calendário dos brasileiros: o carnaval. O evento que reúne foliões de diferentes ritmos movimenta a economia do país, a estimativa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) é que o turismo movimente R$ 8 bilhões este ano. Contudo, é necessário ter cuidado para não exagerar nos gastos.

De acordo com o levantamento da plataforma ShopFully, especializada em comércio, 40% dos entrevistados pretendem aproveitar a data, destes, 56% devem ficar em casa ou na própria cidade e 44% vão viajar com família ou amigos. 

No levantamento de gastos, o maior será com bebidas, 40% dos entrevistados têm essa intenção. Já 16% disseram que vão gastar dinheiro com viagens, 8% com festas e 3% com fantasias e acessórios. 

Já a escala de gastos ficou assim: cerca de 62% pretendem gastar até R$500,00 durante o feriado; já 32% afirmaram que gastarão de R$1.000,00 a R$2.500,00; outros 6% guardaram um valor maior ainda, mais de R$2.500,00. 

De olho nas despesas

Para que você não tenha surpresas ruins ao voltar dos dias de festa, siga algumas dicas de consumo:

  • Calcule quanto pode gastar: lembre-se que o carnaval é bem no começo do ano e acontece em paralelo com uma série de despesas como impostos, materiais escolares e mais. Por isso, estabeleça um teto de gastos a partir do orçamento familiar que você já tem planejado e gaste apenas aquilo que couber no bolso. 
  • Compre com antecedência: é necessário paciência na hora de fechar uma viagem para essa época, isso porque os preços costumam ser maiores. Neste caso, o ideal é comprar passagem e hospedagem com antecedência, depois de pesquisar bastante. Coloque alertas de vôos, uma oferta pode surgir quando você menos imagina.
  • Dê uma chance para os destinos mais em conta: São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador são os três destinos mais procurados no carnaval, consequentemente, os preços também são os mais altos. Outras cidades também oferecem festas de carnaval, talvez até mais próximas da sua própria cidade. Pesquise e aproveite novas alternativas de diversão.
  • Prestigie a sua cidade: é comum as prefeituras promoverem festas e blocos gratuitos. Se as suas finanças não permitirem que você viaje, não deixe de curtir, procure um bloco próximo de casa e ainda dê apoio para a cultura local.
  • Compre em supermercados: geralmente os blocos de rua permitem que os foliões levem a própria bebida. Para economizar, passe antes no supermercado, onde os produtos são mais em conta que na rua, e leve seu próprio cooler para a folia.
  • Evite o cartão de crédito: na hora da empolgação da festa o cartão de crédito pode ser um vilão. Muitos pensam que vai passar em um gasto ou outro e lidar no próximo mês, contudo, essa ação pode virar uma bola de neve. Dê preferência para o dinheiro ou o cartão de débito e só gaste aquilo que planejou. 

Com responsabilidade é possível ter um carnaval divertido e sem sustos na quarta-feira de cinzas. 

Engrenagem Virtual © 2020 | Todos os direitos reservados